PERGUNTAS FREQUENTES

Criada na década de 30 por Edward Bach, seguidor de Samuel Hannemann, o pai da homeopatia,estudioso do século XVIII, a Terapia Floral segue alguns princípios da homeopatia, como, por exemplo, tratar doenças pelas causas e não pelo sintoma.

Bach defendia a idéia de que as doenças são conseqüências de um desequilíbrio emocional e mental e as emoções fazem parte da enfermidade, portanto, não se tratam apenas com a medicina tradicional. 

A Terapia Floral é um desdobramento da medicina vibracional que considera não apenas o corpo físico, mas também os corpos energéticos sutis associados ao corpo físico.

Tem a capacidade de reorganizar emoções que possam desencadear doenças.

Aqui o ser humano é visto de forma integral em seus aspectos físico, mental, emocional e espiritual todos interligados e interdependentes funcionando como um sistema onde os desajustes ou desequilíbrios de um dos aspectos atingirá os demais. 

Esta forma de terapia, cada vez mais utilizada no mundo todo, é simples de entender, e sem contra indicações, pois permite ao usuário automedicar-se após as orientações de um Terapeuta permitindo uma interpretação mais profunda dos sintomas, levando em conta características do inconsciente, o que não ocorre na auto-análise, que permeia apenas o consciente. 

Reconhecida e recomendada pela Organização Mundial de Saúde, tem a finalidade de permitir que a personalidade possa dominar sozinha o estado passageiro de ânimo negativo, típicos da natureza humana.

Ela auxilia o ser humano na descoberta e compreensão das suas emoções e padrões de comportamento, trazendo um caminho para o equilíbrio pessoal e a cura das doenças.

– Purificar a alma;
– “Criar saúde”;
– Estimular o autoconhecimento;
– Dar maior estabilidade à personalidade;
– Ampliar a resistência contra perturbações emocionais e psicossomáticas;
– Prevenir doenças físicas;
– Reforçar tratamentos médicos homeopáticos ou alopáticos;
– Ajudar o organismo se curar, resgatando virtudes, despertando talentos e desenvolvendo no indivíduo seu potencial latente de manter seu próprio bem estar;

É importante dizer que apesar dos Remédios Florais não terem nenhuma contra indicação, provocam reações típicas de catarse e , por isso, sugere-se que sejam administrados e acompanhados por um Terapeuta Floral;

Vale ressaltar que a Terapia Floral não substitui o tratamento médico e é de grande importância que os interessados saibam essencialmente o que é terapia floral antes de aceitar ou negar esta forma holística de tratamento.

Não existe um prazo específico para terminar um tratamento com florais, depende do que você quer resolver, de como os florais agem em você, até onde você deseja chegar e, principalmente se o seu problema é antigo ou recente.

Tentarei dar uma explicação didática: Imagine aquele leite que colocamos para ferver e esquecemos no fogo; ele ferve, “sobe” e derrama no fogão, se limparmos na hora, enquanto o leite ainda estiver quente, limparemos rapidinho, com facilidade, mas se deixarmos para o dia seguinte, vai secar, grudar no fogão e precisaremos de força, produtos abrasivos, mais trabalho e tempo maior para limpar.

Da mesma forma são os nossos problemas, se você buscar uma terapia floral na sua primeira crise de depressão, resolveremos rapidinho, cerca de 3 a 6 meses , mas se você tiver a primeira crise e não cuidar ou cuidar com alopatia, a segunda , terceira, tratar da mesma forma e chegar ao consultório dizendo que tem depressão a anos, vamos demorar muito mais tempo para resolver seu problema, talvez anos.

Vale ressaltar que em todos os casos logo no primeiro vidro você nota diferenças consideráveis.

Muitas pessoas tomam florais para resolverem problemas então param na medida em que solucionamos e damos altas. Outros tomam florais para autoconhecimento e, neste caso, o tratamento “não tem fim”, pois quanto mais nos descobrimos, mais queremos nos descobrir.

Algumas Reações Típicas Positivas que podem surgir após um tratamento prolongado:

A expressão do rosto fica mais suave, a atitude metal bem mais positiva

É comum o outro notar a mudança antes da própria pessoa, a pessoa parece ficar mais jovem, consegue chorar, o estado de ânimo, dias bons ou maus, são vividos mais conscientemente. 

Percepções sensoriais (audição, tato, olfato, gustação, visão) que haviam se enfraquecido voltam a fortalecer-se.

Funções do corpo são reativadas: diminui o excesso de peso; melhor digestão e circulação ; desaparecem impurezas da pele e dores de cabeça.

Surge rejeição ao álcool. Outras terapias começam dar melhores resultados.

Os sonhos tornam-se mais vivos e coloridos, etc…

Após Edward Bach, muitos outros pesquisadores descobriram florais em todas as partes do mundo, sendo assim, hoje contamos com vários sistemas tanto sistemas florais brasileiros como sistemas florais do mundo.

Embora, na maioria das vezes, ministramos os florais da Austrália em vidros separados dos demais, devido à diferença de manipulação do mesmo (veja em manipulação de florais) todos os demais florais podem ser misturados em um mesmo vidro e, em alguns casos, também os australianos podemos incluir juntamente aos demais sistemas, sem qualquer problema.

Podemos trabalhar com quantas essências desejarmos e ou necessitarmos, o que importa não é a quantidade de essências e sim a quantidade de emoções com as quais devemos trabalhar.

Devemos trabalhar com o mínimo possível de emoções de uma só vez.

Por exemplo, uma pessoa queixa-se fisicamente de insônia, enxaqueca, prisão de ventre e, emocionalmente de ciúmes, medo, ansiedade, insegurança, e preocupação excessiva.

Neste caso se eu der a esta pessoa 7 florais, um para cada queixa, estarei errando pois vamos mexer com tudo ao mesmo tempo e a pessoa pode sentir-se confusa.

Imagine você fazer uma faxina na sua casa mexendo em todos os cômodos ao mesmo tempo.

Ao passo que posso dar-lhe quantos florais necessitar (4, 10, etc) para trabalhar uma ou duas emoções.

Geralmente escolhemos emoções e sintomas que se relacionam, que estão mais evidentes, que mais incomodam o paciente, que são mais importantes de serem resolvidas no momento, sendo assim, confie no seu terapeuta, desde que você saiba como escolher um terapeuta, ele saberá quais e quantas essências precisar dar a você de uma só vez, ora dividida em dois vidros, ora em um mesmo vidro, de um mesmo sistema ou de vários sistemas ao mesmo tempo.

Os florais sempre devem ser manipulados em uma farmácia de manipulação da sua confiança. 

Não aceite floral manipulado pelos terapeutas, mesmo que este seja diplomado em Terapia Floral a menos que o mesmo seja farmacêutico e possua uma farmácia de manipulação.

Caso você utilize o produto manipulado fora de uma farmácia credenciada, está correndo risco de contaminação e indo contra princípios éticos.

Nós terapeutas, aprendemos manipular os florais apenas para que possamos receitar de forma adequada, indicando a manipulação ao farmacêutico que deve seguir a risca a indicação do terapeuta.

Os florais da Austrália são manipulados na proporção de 7gts para cada 15ml, ou 14 gts para 30ml de água mineral acrescidos de 30% de brand, vinagre de maçã ou glicerina vegetal (conservantes) os florais dos demais sistemas, são manipulados com 2 ,3 ou 4 gts de cada essência para cada 30ml de água mineral acrescidos de 30% de brand , glicerina vegetal ou vinagre de maçã (conservantes).

A escolha do conservante deve ser feita pelo Terapeuta levando em consideração medicamentos alopáticos que o cliente esteja ingerindo, diabetes ou outra doença de intolerância a um ou outro conservante, além do sabor escolhido pelo paciente.

Da mesma forma que não vamos nos curar aceitando florais indicados pelo farmacêutico não diplomado, também corremos riscos aceitando manipulações de não farmacêuticos.

Lembre-se sempre de que você vai ingerir algo e você merece o melhor.

Sobre nós

Equipe Sunflowers
Atendimento presencial em Lins, Marília, Penápolis e São Paulo.

Nossa Missão

Oferecer qualidade de vida, bem estar e auxílio na busca por soluções para nossos pacientes, através do serviço terapêutico sério, eficiente e comprometido.

Nossos contatos

  • (14) 9 9839 7836
  • (14) 3523-8103
  • @luciaramostoledo
  • /coachluciatoledo